Bruno Cássio, Autor em Sedis - Página 2 de 49

Recém-formado do Curso de Pedagogia EaD/UFRN recebe medalha de mérito acadêmico

Publicado em 11 de março de 2024 por

Categorias: educação a distância especial histórias da EaD notícias

Por Bruno Cássio – Assessor de Comunicação da SEDIS/UFRN

Aos 29 anos de idade, Lucas Kaluaná conquistou sua terceira graduação. Já graduado em Geografia (bacharelado), em formato presencial, e licenciatura em Geografia, na modalidade a distância, ambos pela UFRN, o jovem decidiu correr atrás do sonho de ser licenciado em Pedagogia, também pela mesma Universidade. Na noite do dia 22 de fevereiro de 2024, além de colar grau na área e ser orador da turma concluinte, ele vivenciou outra grande emoção, por coincidência, no dia do seu aniversário: foi agraciado com a medalha de mérito acadêmico, concedida ao estudante que obtém o maior Índice de Eficiência Acadêmica Normalizado (IEAN), dentre os aptos à colação de grau em um determinado período letivo regular.

Em tupi-guarani, Kaluaná tem o significado de “grande guerreiro” e a trajetória do novo pedagogo está repleta de lutas que ratificam o sobrenome indígena. Morador de Parnamirim/RN, na Região Metropolitana de Natal/RN, ele teve de se descolocar, periodicamente, até o Polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB)/UFRN de Nova Cruz/RN, a um pouco menos de 100 quilômetros de distância, para cursar Pedagogia. Conciliando trabalho em uma escola da rede pública de ensino e o tempo dedicado aos estudos no curso superior, Lucas Kaluaná se preparou para as provas de um concurso público da Secretaria Municipal de Educação de Guamaré/RN, na Região da Costa Branca. O esforço surtiu efeito e ele foi aprovado.

“Se não fosse a Educação a Distância, eu não teria chegado até aqui, porque ela proporciona flexibilidade e dinamismo”, afirmou o recém-formado. Na última sexta-feira (01), acompanhamos Lucas Kaluaná em sua ida à Pró-reitoria de Graduação da UFRN para o recebimento do certificado e da medalha de mérito acadêmico. “É muito gratificante, devido a toda essa luta que eu tive durante esse período, dessa jornada incessante que eu tive que conciliar trabalho, estágio e as disciplinas acadêmicas e o sentimento é de extrema gratidão pela Universidade, que para mim é uma segunda mãe”, disse ao celebrar a conquista.

Reportagem em vídeo mostra o momento em que o concluinte do Curso de Pedagogia EaD/UFRN, Lucas Kaluaná, recebe a medalha de mérito acadêmico.

A pró-reitora de Graduação da UFRN, Elda Melo, que participou da solenidade virtual de formatura, fez questão de receber, em seu gabinete, o aluno laureado. A pró-reitora explicou qual a relevância dessa condecoração: “representa um reconhecimento a esse estudante que já tem uma trajetória de grandes dificuldades; a gente sabe o investimento de tempo, o investimento financeiro, são muitos anos dedicados e esse aluno, além de vencer todas essas barreiras, ainda consegue boas notas e ficar com o rendimento acadêmico altíssimo”, esclareceu.

Pró-reitora de Graduação da UFRN, Elda Melo, explica a relevância da medalha de mérito acadêmico para o futuro profissional dos concluintes. Foto: André Gavazza ASCOM/SEDIS.

Elda Melo aproveitou para falar sobre as comparações que são feitas entre as modalidades de ensino presencial e a distância dentro da UFRN. “A Educação a Distância, de fato, é mais difícil porque precisa de autonomia, precisa de disciplina, o aluno tem que ser muito aplicado para apreender os conteúdos e interagir com a máquina”, afirmou a gestora responsável pelo ensino de graduação da UFRN, que também é graduada em Pedagogia pela Universidade. Motivado pelas palavras proferidas pela pró-reitora, Lucas Kaluaná anunciou os planos para o futuro: “quero ingressar na pós e iniciar o meu mestrado”.

UFRN, UFERSA, IFRN e UERN debatem propostas com previsão de 10 mil vagas para cursos EaD

Publicado em 28 de fevereiro de 2024 por

Categorias: educação a distância educação digital notícias UAB

Por Bruno Cássio – Assessor de Comunicação da SEDIS/UFRN

Foram dois dias de intensas discussões conduzidas pela presidente do Fórum Nacional de Coordenadores da Universidade Aberta do Brasil (ForUAB), Edneide Bezerra, que é professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), Campus Avançado Natal – Zona Leste. O auditório da Secretaria de Educação a Distância da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (SEDIS/UFRN) sediou o II Encontro de Polos de EaD da UAB do RN, realizado nos dias 26 e 27 de fevereiro de 2024. Os debates ocorreram em torno do Edital nº 25/2023 da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), que prevê 290 mil vagas para cursos na modalidade a distância, em todo o país.

Presidente do ForUAB, Edneide Bezerra, fala sobre as propostas apresentadas. Foto: Bethowen Padilha.

Somente para o Rio Grande do Norte, serão pleiteadas cerca de 10 mil vagas nas áreas de licenciatura, bacharelado, tecnólogo e especialização. Para se chegar a esse total, os representantes das Instituições de Ensino Superior (IES), no estado, discutiram as reais necessidades de cada um dos polos em atividade no território potiguar. “Terminado esse processo, agora, nós aguardamos a abertura do Sicapes, que é o sistema onde a gente submete as nossas propostas e, aí, aguardaremos o resultado final da Capes, da nossa submissão, dessas dez mil vagas”, esclareceu a presidente do ForUAB, Edneide Bezerra, sobre as próximas etapas.

Essa articulação de vagas para cursos gratuitos de Educação a Distância foi iniciada em agosto de 2023, durante a realização da primeira edição do Encontro de Polos. Gestores da EaD na Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), na UFRN, no IFRN e na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) tiveram a oportunidade de expor suas propostas de oferta de vagas e sanar todos os questionamentos. Para Mônica Firmino, coordenadora do Polo UAB de Grossos/RN, na Região da Costa Branca, o evento cumpriu seu objetivo: “a gente traz, para cá, sonhos das pessoas, para que a gente possa dar possibilidade de elas realizarem”, enfatizou.

Hélia Oliveira, presidente do FecoUAB/RN, destaca unidade entre as IES do estado. Foto: Bethowen Padilha.

De acordo com a professora Hélia Oliveira, presidente do Fórum Estadual de Coordenadores de Polos UAB (FecoUAB/RN), e coordenadora do Polo de Martins/RN, na Região do Alto Oeste, a cooperação das instituições deve ser destacada: “a união de todas das IES, do estado do Rio Grande do Norte, esse juntar de mãos, diversos olhares, eu acho que fizeram com que a articulação desse edital tivesse o êxito que teve”, comemorou. A coordenadora do Polo UAB em Lajes/RN, Ilka de Paiva, também avaliou como positivo o resultado final das negociações. Segundo Paiva, foi possível “discutir, dentro das condições do polo e dos demais polos vizinhos, as oportunidades de oferta que possam dar o acesso a todas as pessoas que têm interesse em fazer o Ensino Superior”.

Representantes das IES do RN envolvidas nas discussões. Foto: Bethowen Padilha.

Pela segunda vez consecutiva, a SEDIS/UFRN foi escolhida para ser sede do Encontro de Polos UAB do RN. Para a secretária de EaD/UFRN, Carmem Rêgo, que também atua como coordenadora UAB, na Universidade, “o longo processo de discussão foi bastante profícuo e o espírito colaborativo, entre as IES, demonstra que todos estão comprometidos em garantir a qualidade da Educação Superior no estado”. A secretária Adjunta de EaD/UFRN, Ione Morais, chamou a atenção para o “debate mais qualificado das demandas, buscando o fortalecimento da Educação a Distância pública e gratuita”.

Ambiente Virtual de Aprendizagem “Mandacaru Acadêmico” recebe novas atualizações

Publicado em 23 de fevereiro de 2024 por

Categorias: educação a distância educação digital lançamento UFRN

Contagem regressiva. Está na hora de retomar a rotina de estudos. Na próxima segunda-feira (26), será iniciado o ano letivo na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Para os que estão na expectativa, o período 2024.1 chega com novidades direcionadas aos estudantes dos cursos de graduação a distância. É que o Mandacaru Acadêmico, Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) usado nessa modalidade de ensino na UFRN, recebeu novas atualizações para aprimorar a experiência dos usuários. Segundo Apuena Vieira Gomes, coordenadora de AVA da Secretaria de Educação a Distância (SEDIS/UFRN), as mudanças vão garantir uma conexão mais segura.

“A página de acesso continua a mesma, porém, aconselhamos que o estudante utilize o login e a senha do SIGAA para que possamos aumentar, ainda mais, a segurança em nossos sistemas”, esclareceu Apuena Gomes. Além disso, novos formatos de materiais pedagógicos e atividades acadêmicas estarão disponíveis para os alunos, que terão à disposição, a partir da entrada no Mandacaru Acadêmico, um ícone de ajuda no canto inferior direito da tela para que possa tirar todas as dúvidas e manter contato com a equipe de suporte da plataforma.

Para os mais saudosistas, uma informação tranquilizadora, mesmo com as modificações implementadas, todas as ações disponíveis na versão anterior do Mandacaru Acadêmico foram mantidas, com pequenas diferenças nos botões de comando. Mas o ritmo de aperfeiçoamentos deverá ser mantido. Nos semestres seguintes, outras inovações estão previstas para acontecer. A intenção é aumentar a interatividade, a navegabilidade, a usabilidade e a eficiência ao usar a mediação tecnológica para auxiliar no melhor aproveitamento do tempo disponível.

Ao final da reportagem, a coordenadora de AVA da SEDIS/UFRN fez questão de deixar uma mensagem para todos os estudantes calouros e veteranos: “esperamos que estejam entusiasmados, assim como a nossa equipe, que está trabalhando fortemente para oferece a todos novas experiências”.

Bruno Cássio – Assessor de Comunicação da SEDIS/UFRN.

SEDIS/UFRN realiza campanha de doação de livros 

Publicado em 2 de fevereiro de 2024 por

Categorias: ação solidária livros notícias SEDIS

Por Bruno Cássio – Assessor de Comunicação da SEDIS/UFRN

Com a proximidade do Dia Internacional da Doação de Livros, celebrado em 14 de fevereiro, a Secretaria de Educação a Distância da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (SEDIS/UFRN) decidiu aproveitar a data para promover uma campanha de arrecadação de um dos itens fundamentais no desenvolvimento da cognição humana. Por meio das redes sociais, os integrantes da comunidade acadêmica e até do público externo à Universidade foram convidados a participar dessa iniciativa solidária. Com o tema “Doe livros e compartilhe saberes”, a ação vai receber doações durante o mês de fevereiro de 2024. 

O ponto de coleta da campanha vai funcionar na sede da própria SEDIS/UFRN, que fica no Campus Central da UFRN, próximo à Capela Universitária. A ideia é que as pessoas aproveitem a oportunidade para conhecer onde funciona a Secretaria que atua com a gestão da Educação a Distância na Universidade. De acordo com a secretária de EaD/UFRN, Carmem Rêgo, “é importante fomentar a doação de livros novos e usados, pois eles podem fazer a diferença na vida de muita gente”. Carmem Rêgo aproveitou para destacar o destino das doações: “todos os livros arrecadados serão doados para a Escola Estadual Professora Marta Maria Castanho Almeida Pernambuco, que fica em Ceará-Mirim/RN”.

A escola foi construída dentro do Assentamento Rosário, no município da Região Metropolitana de Natal/RN, e atende um público de estudantes dos Ensinos Fundamental e Médio, atuando também com a Educação de Jovens e Adultos (EJA). Marta Pernambuco, que dá nome ao estabelecimento de ensino, faleceu em maio de 2018 e foi uma grande defensora da democratização do acesso à educação pública. Como professora titular do Centro de Educação e docente do Programa de Pós-Graduação em Educação, ambos da UFRN, orientou dissertações e teses, coordenou projetos e grupos de pesquisa nas áreas de ensino de ciências e propostas pedagógicas baseadas em Paulo Freire, dentre elas, educação ambiental, educação do campo e educação a distância. 

Card de divulgação da Campanha. 

A campanha, lançada na última quarta-feira (31), já começou a mobilizar doadores. A Biblioteca Setorial Veríssimo de Melo (BSVM) do Museu Câmara Cascudo (MCC) largou na frente e efetuou a doação de 13 caixas repletas de livros de literatura, didáticos e infantis. “Fiquei sabendo da campanha da SEDIS, através das redes sociais, e vamos dar nossa contribuição doando livros de diversas áreas; ajude também, se você tiver livros para doar”, declarou Cirlene Oliveira, bibliotecária da instituição. Confira o depoimento completo sobre a doação realizada.